Quarta-feira, 26 de Janeiro de 2005

Ingrid II ( porque há silêncios que matam )

betancourt.gif

Há neste olhar uma força sem dureza, uma coragem sem violência. Esta mulher foi estropiada da sua família e da sua luta que persistentemente conduz na Colômbia. Uma guerrilha denominada FARC raptou-a há 37 meses. Sequestrada por homens que se auto denominam libertadores do povo, tomaram de forma vil e cobarde o símbolo da esperança colombiana.
Ingrid Bettencourt disse do seu pais aquilo que os políticos só arriscam dizer em voz sumiça, disse-o e repito-o em inúmeros encontros com o seu povo, criou um partido político denominado "Oxigeno", afirmou-o enquanto Senadora e fez disso manifesto político da sua candidatura a Presidente da Republica. E o disso que falo e que cobardemente é comodamente ignorado pelos governos dos países ditos civilizados é a mordaça que aprisiona a Liberdade de um pais enlameado de droga, de corruptos, ensanguentado por raptos, assassínios selectivos, massacres numa espiral que tem a jusante uma guerra que conduziu já ao degredo da vida duas gerações de Colombianos.
Não há nesta guerrilha de assumido pendor de esquerda, uma estratégia que justifique este rapto, há uma exclusiva razão plausível para manter Ingrid Betancourt em cativeiro há 37 meses, essa razão prende-se com um facto cru, o de estar a referir-me, a energúmenos. Ingrid não preconiza somente o combate à droga e dos sujos interesses associados, preconiza o que de mais nobilíssimo existe numa vida, a luta pela libertação de um povo. Consome-me a complacência dos políticos dos países civilizados, expressa num silêncio ou em escusas de circunstância. É obsceno o relacionamento da cultura Ocidental com a Colômbia, assenta essencialmente numa parcela substancial dos 400 a 500 biliões de dólares provenientes do comercio da droga e nos interesses pela exploração petrolífera é especialmente por estes motivos que os civilizados sujam as mãos. É por estas razões de Estado que ignoram as ameaças, as tentativas de atentado e o cativeiro desta mulher que ergueu um partido, tornou-se na senadora mais votada da Colômbia e é a esperança viva de um povo e de todos aqueles que suprindo a distância física sentem a ignominia Colombiana e acreditam no direito inalienável a vida e perfilham um ideal de ética.


publicado por vitorcandidojose às 09:37
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 26 de Janeiro de 2005 às 15:55
Abordo o tema pelo lado de fora. Os norte-americanos só pegam no que lhes dá jeito. Onde, por muito menos, não fizeram estragos os meninos que teimosamente dizem ser democratas? Onde, por muito menos, os "Uncle Sam" não impuseram a sua lei, sem perguntar nada a ninguém? Se Ingrid Bettencourt fosse uma doce e leviana seguidora dos "desejos da Casa Branca" teria, ainda que de forma bem vigiada, o apoio dos "donos do mundo".
Mas eles sabem que Ingrid não é "uma coisa rentável". Nem a longo prazo. Por isso, se calhar só por isso, os da democracia feita à maneira olham para o lado, assobiam, disfarçam, seguindo em frente, onde qualquer Amazónia é bem mais apetecível.
Como é bom viver no campo. E não ter que respirar o ar cínico da conspurcada democracia norte-americana.
Antonio Dias
</a>
(mailto:adias23@netcabo.pt)
De Anónimo a 26 de Janeiro de 2005 às 15:22
Neste contexto não podia referir esses elementos das FARC, mesmo que no caso que refere a atitude dos senhores do poder da Colômbia seja no mínimo grosseira, alias esse é o patamar mais elevado das suas capacidades.
As FARC agem supostamente em nome de uma nobre causa mas de forma habitualmente suja e quando assim é, as nobres palavras ficam enlameadas pelos actos e pelo sangue de quem os pratica. Este movimento teria consideravelmente muito a mudar se aproveita-se os aspectos positivos do movimento Zapatista.
Ingrid pelo seu trajecto de coragem de convicções pela esperança que incutiu nos colombianos, expressa também nas urnas, é um dos caminhos mais sólidos para a construção da Colômbia, algo que os países ditos civilizados tendo os EUA à cabeça teimam displicentemente em ignorar. Se o estado tentou assassina-la, as FARC roubaram-lhe a liberdade. Lamento mas uns e outros são apenas mais do mesmo.
Agradecendo o seu comentário e a sua sensibilidade a causas que a distância física condiciona mas não nos impede de tê-las como nossas.
Vitor José
(http://lagrima.blogs.sapo.pt)
(mailto:vitorjose@cnb.pt)
De Anónimo a 26 de Janeiro de 2005 às 14:13
Podia também referir-se que 2 altos dirigentes das FARC, concretamente Simón Trinidad e Ricardo González estão neste momento numa qualquer masmorra sinistra (semelhante à de Guantánamo) do Império Americano depois de o Governo fascista de Uribe os ter enviado para lá sem se preocupar com o facto de serem eles também Colombianos, num inédito e rocambolesco acto de extradição. De referir que González foi capturado em território Venezuelano, numa clara violação da soberania deste país, por tropas americo-colombianas, já que há muito que a Colômbia passou a marchar ao ritmo das botas cardadas dos agentes da CIA e deixou há muito de ter forças armadas autónomas (da própria política já não se fala, pois há muito que são os fantoches de Kissinger [e dos que lhe sucederam] que reinam por quase toda a América Latina). Falta também dizer que tudo isto é comodamente ignorado pelos governos dos países ditos civilizados. Falta dizer que há muito que as FARC negoceiam a troca de inúmeros prisioneiros, mas entretanto Uribe limita-se a enviar os seus cidadãos para serem julgados no estrangeiro.Jeremias
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 26 de Janeiro de 2005 às 10:35
Não podemos ser corajosas em determinados regimes.Paga-se caro !
Bjsdocerebelde
(http://docerebelde.blogs.sapo.pt)
(mailto:docerebelde@hotmail.com.pt)
De Anónimo a 26 de Janeiro de 2005 às 09:43
Lista do PS para formaçao de governo


1º Ministro- Jose Socrates , promete dar um rumo a portugal

Ministro-adjunto -Jorge Coelho , pede perdao ao povo de Entre_os_Rios pelo arrependimento de alguma vez querer tirar consequencias politicas da queda da ponte.
Promete que durante a proxima legislatura nao deixar cair a ponte nova , desde que em caso de mau estado receba 101 avisos em cima de sua secretaria,avisando que 100 avisos sao poucos.

Ferro Rodrigues- Ministro da solidariedade , promete fechar todos os lares de idosos que peçam ajuda a segurança social , á semelhança do que fez no governo de Guterres.

Paulo Pedroso- Ministro da educaçao, promete ate ao final da legislatura haver educaçao sexual em todas as escolas primarias e infantarios.

Fatima Felgueiras -Ministra das finanças , promete controlar o defice no seu saco AZUL.

Francisco Louça , Ministro da saude , promete fomentar excelente negocio a todas as clinicas e hospitais com o numero de abortos a praticar diariamente.

Jeronimo de Sousa- Ministro dos negocios estrangeiros, promete retirar o pais da C.E e da Nato , fazendo uma U.R.S.S com gabinete central em Portugal.



Joao Cravinho- Ministro das obras publicas , promete concluir as obras do metro no Terreiro do Paço , inaugurando a estaçao durante a legislatura ou tapando o buraco aberto.


Carrilho, ministro da conservaçao do patrimonio , extinguindo i IPPAR e construindo wc em todos os ministerios , começando com urgencia pelo da Solidariedade , nao vá o Ferro Rodrigues começar a escagaçar-se na justiça.

Quanto aos restantes ministerios , nao foram ainda selecionadas de dentro do partido , pois sao tantas as figuras ilustres que nao é facil a escolha.


Atençao , isto é uma brincadeira , quaalquer semelhança com a realidade , é pura coincidencia , mesmo GRANDE COINCIDENCIA.



Miguel
</a>
(mailto:travoltalx@iol.pt)
De Colombiana a 21 de Abril de 2006 às 20:32
soy colombiana y la problematica con las Farc, el secuestro o el gobierno de Uribe va mucho mas lejos que sus comentarios fuera de lugar.. es facil entrar en el melodrama o el tono comunista o el llamar estupidamente a Uribe Fascista... es facil criticar y opinar desde fuera... claro que Ingrid y su familia sufren... al igual que muchisimos y muchisimos policias y militares secuestrados hace mas de 8 años... la FARC es una organizacion que se lucra de la droga... no hay un espiritu de defensa o ayuda al pueblo, pero mientras cinicos paises consumidores de droga aca en Europa y USA, los apoyen dandoles un caracter politico inexistente y no tengan la minima intencion de cambiar sus politicas antidrogas seguiremos siendo el lunar negro de suramerica... gracias por ese pesimo apoyo... ojala los otros presidentes hubiesen hecho la mitad de lo que esta haciendo Uribe... pero facilito opinar sin vivirlo en carne propia
De antonio Gomes Lacerda a 5 de Julho de 2008 às 13:07
O mundo respira aliviado. Ingrid volt ao convivio de seus amigos e familiares de onde nunca deveria ter sido retirada de maneir cruel e torpe. ao chamo de animais aos autores do sequestro porque quando chamamos alguem de animais estamos comparando-os aos ditos animais irracionais que jamais fariam tamanha brutalidades. Esses sequestradores sao a escoria da escoria de toda e qualquer sociedade.

Comentar post