Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2005

Nada de novo...

O Director do Teatro Nacional São Carlos teve um golpe de asa ao expor dias antes das eleições o ridículo orçamento perante a temporada que foi anunciada. Esta atitude tendo presente a derrota eleitoral do PSD é um brinde para o PS que provavelmente será retribuído com o devido acréscimo financeiro e com a devida permanência da direcção. Recupero um texto datado de 1 de Novembro sobre uma realidade de todo previsível que apenas o comodismo e a ausência de contacto com a realidade tornaram possíveis.

Equívocos culturais

Há uma vacuidade de orientações governamentais no que se refere a área dos T.N. ( teatros nacionais ) que não sendo em si novidade é substancialmente agravada pela redução do financiamento apresentado no relatório do Orçamento de Estado para 2005. 600 mil contos, para três Teatros Nacionais, pretendendo com essa verba cobrir um leque tão vasto de áreas que vão desde, a garantia de espectáculos líricos e sinfónicos, obras de beneficiação, passando pela divulgação e informatização dos serviços ou muito me engano ou alguém vai ter que ter o dom de Midas para transformar dividas em activos. (...)

No São Carlos 200 mil contos para orçamentar uma temporada lírica não são um lirismo mas um dislate. Para o lado da Praça de São Carlos a situação é inevitavelmente grave, empurrando o teatro para uma letargia que se esconde em obras de café.(...)

Todas as apresentações de temporadas vão sendo adiadas, sine die, por forma a permitir que as direcções consigam da tutela a atribuição de mais meios financeiros, retirados ou do PIDDAC ou de outra parcela orçamental. O relatório do Orçamento de Estado enquadra-se com as expectativas para este sector da cultura portuguesa que essencialmente não são nenhumas.

publicado por vitorcandidojose às 18:45
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 22 de Fevereiro de 2005 às 21:42
O TNSC sempre viveu de parcos subsidios e do Amor que os músicos têm pela profissão. Quando o amor acabar o Teatro fecha!pedevento
(http://pedevento.blogs.sapo.pt)
(mailto:mardapalha@sapo.pt)
De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2005 às 11:44
O comentário anterior é meu.
Bom fim-de-semana.Antonio Dias
</a>
(mailto:adias23@netcabo.pt)
De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2005 às 11:43
Não sei se a atitude do "senhor director" do Teatro Nacional S. Carlos tem como intenção brindar o PS ou, antes, atribuir-lhe, desde já, uma responsabilidade.
Em Portugal, os diversos intervenientes na cultura continuam a brincar. Uns por incapacidade, outros pela vontade de destruir.

</a>
(mailto:)

Comentar post