Segunda-feira, 11 de Outubro de 2004

Impressões soltas

O menino Morais Sarmento na frase “como calar um comentador” cometeu um erro de ortografia, onde colocou “o” ponto final, devia ter colocado uma virgula, pois essa frase tem uma segunda oração que é, “como depois fomos entalados pelo dito comentador”. O menino Paulo Portas disse este Sábado que o menino Santana “tinha poder e influência”, há frases que matam.
Quando olho para este governo ocorre-me sempre uma fatídica frase. Há duas formas de propiciar o desastre, exigir o impossível e adiar o inevitável.
publicado por vitorcandidojose às 08:34
link do post | comentar | favorito
|
vitorcandidojose@sapo.pt

.pesquisar

 

.textos recentes

. Pedro Rolo Duarte

. Sem mais.

. É não é

. Soneto de Fidelidade

. Adelaide

. Quando me sinto só

. Urgências...

. CORRESPONDÊNCIA

. Livre

. Com a devida vénia ( blog...

.links

.recordações

. Julho 2010

. Novembro 2009

. Fevereiro 2009

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO