Quarta-feira, 4 de Maio de 2005

Barão...

Sendo um profundo convicto do Homem, na sua singularidade e nas suas potencialidades, acabo em alguns momentos de forma paradoxal a cruzar-me com leituras que o encerram num ser “incapaz de chegar”. Uma dessas leituras é o heterónimo Barão de Teive que num daqueles momentos de introspecção se condena à fatalidade tal e qual naufrago que desiste, tendo já a praia no horizonte, “tenho todas as condições para ser feliz, salvo a felicidade. As condições estão desligadas umas das outras” Pena é que Pessoa no seu brilhantismo não tivesse desenrolado essas condições...

publicado por vitorcandidojose às 09:06
link do post | comentar | favorito
|
vitorcandidojose@sapo.pt

.pesquisar

 

.textos recentes

. Pedro Rolo Duarte

. Sem mais.

. É não é

. Soneto de Fidelidade

. Adelaide

. Quando me sinto só

. Urgências...

. CORRESPONDÊNCIA

. Livre

. Com a devida vénia ( blog...

.links

.recordações

. Julho 2010

. Novembro 2009

. Fevereiro 2009

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO