Sexta-feira, 26 de Novembro de 2004

Resistência

É necessário travar a selva em que se torna esta circunstancia. O deteriorar paulatino das relações humanas viu agudizado o seu ritmo nos últimos dias. Há razões para alguns acalentarem desejos de intromissão, de poder e de privilégios que se encontravam adormecidos na sua mediocridade, agora colocam as sujas garras de fora. Resistir começa por manter a união entre nós. Por fim dou por mim a rever um dia em que 4 colegas utilizam a palavra deprimida para definirem o seu estado emocional. Suponho que não revela nada de importante.
publicado por vitorcandidojose às 02:21
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 27 de Novembro de 2004 às 13:57
É sim, meu caro Vitor. Imagino. Só que queria ter a certeza para evitar especulações.Antonio Dias
</a>
(mailto:adias23@netcabo.pt)
De Anónimo a 26 de Novembro de 2004 às 21:41
Caro Vitor, Arouca e suas gentes mostram-se compreensivas e disponiveis para aliviar esses estados depressivos, desde que soluveis filosóficamente... refiro-me aos colegas. Quanto a ti, terás, como sempre, a minha fiél, humilde e sincera amizade.Jorge Dias
(http://olhaquedois.weblog.com.pt)
(mailto:jorgehumbertodias@iol.pt)
De Anónimo a 26 de Novembro de 2004 às 18:29
... Imagine. Acredito que para si seja fácil.vitor josé
(http://lagrima@blogs.sapo.pt)
(mailto:vitorjose@sapo.pt)
De Anónimo a 26 de Novembro de 2004 às 18:12
O digníssimo Vitor José está a referir-se a que instituição?Antonio Dias
</a>
(mailto:adias23@netcabo.pt)

Comentar post