Terça-feira, 11 de Abril de 2006

Vive la France

 A “oposição de rua” não é um fracasso democrático é isso sim um dos sintomas de vitalidade de uma sociedade.

 A indiferença perante as decisões políticas são causa efeito do esvaziamento da democracia e nem esta se sustém em exclusivo com o exercício parlamentar de oposição ao governo. O que os franceses valorizaram foi o direito de serem tomados como uma força capaz de se opor ás decisões legais mas autoritárias do governo francês.

O que os franceses fizeram não foi recusar uma lei laboral mas opor-se há doutrina política imposta pelo governo que defendeu um estado absurdamente competitivo tomando a pessoa como um elemento meramente económico, é certo que muitos dos defensores desta legislação procuraram promover o monstro a bela, aliciando com uma pretensa diminuição do desemprego tal pouco é mais que uma fraude.

O que os franceses fizeram foi vir para a rua empenhar-se numa luta por um estado social, pelo valor da estabilidade e da segurança e o que conseguiram foi uma vitória.

A vitória da rua é a derrota de uma política cega, de uma doutrina errada e de um governo autista.

publicado por vitorcandidojose às 12:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
vitorcandidojose@sapo.pt

.pesquisar

 

.textos recentes

. Pedro Rolo Duarte

. Sem mais.

. É não é

. Soneto de Fidelidade

. Adelaide

. Quando me sinto só

. Urgências...

. CORRESPONDÊNCIA

. Livre

. Com a devida vénia ( blog...

.links

.recordações

. Julho 2010

. Novembro 2009

. Fevereiro 2009

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

blogs SAPO